Ferro de passar roupas / Clothes iron / Le fer

Ao longos dos séculos foram desenvolvidos muitos modelos de ferros de passar roupas utilizando materiais combustíveis para seu aquecimento como carvão, gás, querosene, gasolina. Posteriormente surgiram os ferros elétricos os quais substituíram completamente aqueles.

Este modelo funciona a combustível líquido (querosene) que era despejada no bulbo por um funil próprio. O bulbo possui uma tampa com válvula. Com uma bombinha de ar, injeta-se ar sob pressão pela válvula. O ar e o combustível sob pressão são liberados para o queimador mediante abertura do registro na parte oposta ao queimador. 

Seus principais componentes são: O corpo, o bulbo, o registro, o queimador, o suporte, o funil e a bomba  de ar.

Data:                     Anos 1950

Origem:               Argentina

Marca:                 Volcan

Estado atual:     Não testado. 

Curiosidade:      A empresa fabricante dos produtos Volcan está em atividade com produtos modernos. Entretanto, em seu site, não encontramos referência ao nome comercial da empresa.

Ref. 14-14

Isqueiro de mesa / Table ligther

Até o final da década de 1970 o hábito de fumar era bem aceito no ocidente. Muitos foram os acessórios criados para facilitar a vida dos fumantes. Este isqueiro com suporte em bronze e cristal é um exemplo de sofisticação dado àquele hábito.

Origem do isqueiro:       Estados Unidos
Origem do suporte:        Argentina
Data:                                  Década de 1970 ou anterior
Estado atual:                    Não testado. Faltam a pedra faiscadora e o combustível.
Ref. 001-14

Moedor de grãos / Grain grinder

107. Moedor de grãos Eberle

A Metalúrgica Abramo Eberle S/A, fundada em 1896 pelo caxiense que lhe deu o nome, foi a maior indústria Riograndense de utilidades, orgulho da cidade de Caxias do Sul. Em 1985 foi incorporada pelo grupo Zivi-Hércules. Dentre os inumeráveis produtos está este moedor de grãos doméstico.

Origem: Brasil

Data: Décadas de 1960-80

Modelo: G 2

Curiosidades: Este é um dos últimos modelos produzidos. Os anteriores possuíam borboletas de ferro fundido. Neste há borboletas de ferro estampado.

Estado Atual: As peças móveis funcionam mesmo desgastadas pelo uso. A navalha de contato com o corpo principal está com quatro dos seus oito fixadores quebrados e falta a capinha protetora das navalhas.

Ref.: 107-12