Máquina de tricot / knitting machine / Machine à tricoter

A produção de tecidos para o vestuário pode ser feita por meio de técnicas como o tricô, o crochê, a tecelagem, sempre com uma série de nós em um fio, resultando em um tecido já formatado ou que será  costurado para que lhes seja dado o formato desejado.

Se tivesse que apostar sobre quem inventou essas técnicas para a produção de tecidos, apostaria 99,99% nas mulheres. Já os teares podem ter tido uma contribuição mais efetiva dos homens e acompanham a humanidade possivelmente há seis mil anos. Em 1801, Joseph Marie Jacquard inventou o tear mecânico, com cartões perfurados, superando incrivelmente a capacidade de produção do tear manual, possibilitando à população em geral ter acesso a roupas baratas.

Máquinas de tricô têm o mesmo princípio de funcionamento das máquinas de costura. A diferença é que as máquinas de costura possuem apenas uma agulha e fazem os nós numa sequência, num tecido. Já as máquinas de tricot fazem o tecido. Estas possuem várias agulhas que produzem uma linha de nós em paralelo, em sequência, onde os nós da linha que está sendo feita são engatados nos nós da linha anterior, gerando uma malha ou tecido.

Esta máquina de tricot possui 180 agulhas podendo fazer uma malha de 76 cm de largura, no comprimento desejado. Esta  tricotadora é das mais simples, pois não possui cartão para diferenciação de pontos, nem para produzir tecidos cônicos, como mangas ou golas.

Foi produzida pela Empresa MAQUINAS TRICOT  F. G. Y. LTDA. e, conforme registro na Junta Comercial de São Paulo, iniciou suas atividades em 27 de janeiro de 1953 e estava estabelecida na Rua Galvão Bueno, São  Paulo – SP. Foi extinta antes da década de 1990, pois não deixou registros na internet.

Consta num selo da máquina a patente de invento nº 96.164, presumindo-se que seja uma patente brasileira, mas não conseguimos localizar o registro.

Máquinas de tricot e de costura foram, e ainda são, fontes de renda para muitas famílias. No entanto, atualmente são usadas máquinas eletro-eletronicas com programas  embutidos para confecção de todo tipo de roupas.

Data:                     Entre os anos de 1953 e 1970

Origem:               Brasil

Marca:                 FGY Super Luxo

Empresa:            Máquinas Tricot F.G.Y. Ltda.

Estado atual:     Não testado.

Futuro desta utilidade: Ainda serão produzidas, com predomínio de máquinas eletro-eletrônicas industriais, as quais dominarão quase toda a produção.

Curiosidade: A aprodução de roupas nos países industrializados é muito maior que a necessidade, pois anualmente são colocadas no lixo milhares de toneladas de roupas que não foram sequer usadas, tendo gasto  energia e recursos naturais desnecessariamente.

http://www.tricocursos.com.br/sobretrico/museu2b.asp

Ref.: 40-14

3 comentários sobre “Máquina de tricot / knitting machine / Machine à tricoter

  1. Stella marcia da costa disse:

    Estou com uma maquina de trico que foi da minha sogra!Perfeita.
    Maquina moderna automatica
    Fgy der 63185 Maquina de trico!Nao consigo achar o manual dela!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s