Duplicador cyclostyle Gestetner / Gestetner cyclostyle duplicator / Duplicateur Gestetner

Quem, nascido antes de 1990, não viu um mimeógrafo sendo utilizado na escola, com aquele cheirinho de álcool? Muitos até ajudaram a professora a rodar cópias das provas ou de panfletos no mimeógrafo. Se duvidar, ainda hoje, o mimeógrafo é utilizado em alguma escola.

Pois essa invenção é atribuída ao húngaro David Gestetner (1834-1939), inventor de um duplicador a estêncil batizado com seu nome, que permitiu a emissão de inúmeras cópias de documentos de forma econômica e fácil. Pode-se dizer que é o precursor das antigas ” máquinas xerox”, a qual também cedeu lugar para  as impressoras com scanner e outras formas de duplicação.

Para funcionar fixava-se o papel stêncil a ser copiado junto ao rolo superior da máquina e embebia-se o rolete intermediário de tinta, acionando a manivela até embeber o papel stêncil com a tinta. Após isso, em uma bandeja, colocava-se a folha a receber a cópia pelo rolete inferior. O movimento dos rolos produzido pela manivela, colocava a folha limpa em contato com o papel estêncil, cuja tinta impregnava a cópia.

Data:                     Provável década de 1920.

Modelo.              17. N. 49825

Origem:               Totenham – London – Inglaterra

Fabricante:         Gestetner Ltda.

Estado atual:     Não funciona. A correia de aço laminado está quebrada, não dispomos de papel copiador, bem como desconhecemos se está faltando algum componente na máquina.

Curiosidade:      Por ser uma peça muito robusta, muitas dessas ainda sobrevivem e provavelmente permanecerão como registro da história das reproduções por muitos séculos.

Neste vídeo você pode ver um desses um pouco mais moderno a funcionar: https://www.youtube.com/watch?v=LyOVzyis2UQ

Para saber mais: https://victoriancollections.net.au/items/58b3b81fd0ce260f2cdfe2b0

Ref.: 79-05

2 comentários sobre “Duplicador cyclostyle Gestetner / Gestetner cyclostyle duplicator / Duplicateur Gestetner

  1. Olá, só uma pequena correção no primeiro parágrafo. Este duplicador não se trata de um “mimeógrafo” nem usava álcool para imprimir. Ele é um duplicador a estêncil, usa um estêncil perfurado e tinta oleosa para a impressão. Mimeograph é marca registrada da A. B. Dick Company que produzia seus próprios duplicadores. O Gestetner usava dois tambores de impressão e o Mimeograph apenas um. “Mimeógrafo” virou um termo guarda-chuva assim como Gilete é usado como sinônimo de lâmina de barbear. Para mais esclarecimentos, recomendo meu artigo em: https://www.even3.com.br/anais/spgd_2020/327357-do-mimeografo-a-risografia–desvendando-o-funcionamento-dos-duplicadores-a-estencil/

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s