A respeito dos estilos / About styles / A propos des styles

A preservação de bens é um ato de vontade individual e ao mesmo tempo um ato político. Tudo o que existe no mundo material tende a perecer, ou mesmo, a se transformar, pois nada é perene, nem as peças dos museus, como sabemos.

Assim sendo, podemos refletir sobre o que se pretende ao preservar alguma coisa e qual a finalidade de sua preservação.

Tenho encontrado nos diversos museus que visito ao menos três modalidades de  preservação de peças: a) a peça é apresentada conforme foi encontrada, mesmo que em condições de funcionalidade ou de aparência que dificultam até mesmo  a identificação de como a mesma era originalmente; b) peças perfeitamente conservadas, como se tivessem  recém  sido produzidas; c) peças muito bem conservadas, porém, com as marcas do tempo e do uso.

Além do que se apresenta nos museus que tenho visitado, vejo muitos vídeos no Youtube onde amantes do fazer coisas, de consertar, usam equipamentos sofisticados para não apenas restaurar as peças, mas o fazem de forma tão perfeita que são mais bem acabadas e apresentáveis que as peças originalmente fabricadas. É uma preservação com algo mais, com o toque pessoal do sujeito, podendo ser simplificado na modalidade: d) restauração com modificações relevantes em relação a peça original.

Portanto são quatro estilos identificados, os quais merecem ser entendidos segundo suas propostas e o valor político que possuem as peças.

Alguns poderão argumentar que algumas peças tem um valor maior que político, que possuem valor simbólico como memória da humanidade, as quais devem transcender o posicionamento político. Sim, eu concordo com esse argumento, entretanto, do ponto de vista técnico, a sua preservação se enquadraria em um dos quatro estilos. A única diferença é que, ao haver a decisão política de conservar o bem como memória da humanidade haverá uma decisão, também política, sobre qual a técnica a ser empregada.

A recente polêmica sobre a restauração da catedral de Notre Dame, em Paris, evidencia bem a questão política envolvida, bem como é centrada nas técnicas a serem a plicadas na sua restauração.

Um comentário sobre “A respeito dos estilos / About styles / A propos des styles

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s