O imaginário coletivo e as utilidades manuais mecânicas

Uma manivela é acionada com um simples movimento giratório de um braço. Com esse conhecimento e equipamentos é possível criar inúmeras utilidades tais como   batedores, centrifugadores, descascadores, elevadores, espremedores, fatiadores, fixadores, prendedores, furadores, misturadores, moedores, picadores, raladores, ventiladores, peneiradores, cortadores, amassadores, gravadores e muitas tantas.

A invenção da roda e do eixo teriam ocorrido no quarto milênio antes de Cristo, portanto,  a manivela  está associada à essas invenções, pois o simples uso da mão para girar a roda em falso é uma forma natural de manivela. A invenção do parafuso é atribuída a Arquitas de Tarento (428 e 347 A.C.)

A humanidade dispunha  do conhecimento necessário para construir utilidades manuais mecânicas  desde aproximadamente  2.500 anos; no entanto, sua difusão para  o mundo ocorre somente  a partir de meados do século XVIII. Os moinhos de vento, que não passam de um conjunto de manivela e engrenagens já era utilizado no ano 1185, portanto aproximadamente 600 anos antes da Revolução Industrial. Relógios com mecanismos complexos surgiram por volta do ano 700 portanto, aproximadamente 1.000 anos antes do início da primeira revolução industrial.

Embora existissem todos os conhecimentos necessários para o surgimento das utilidades manuais mecânicas, pergunto por que passaram tantos séculos para que o simples movimento giratório com um braço humano fosse utilizado como elemento de tração para a produção de inúmeras utilidades possíveis, as quais facilitariam o desenvolvimento humano ao menos mil anos antes da revolução industrial?

Não tenho resposta, mas minha única inferência é de que o conhecimento que não está no imaginário coletivo, simplesmente não é utilizado.

Simplificando, a humanidade não estava pronta para usar o conhecimento que possuía. Seguindo  esse modelo é possível que demorem outros mil anos para que a humanidade torne práticos inúmeros conhecimentos de domínio público.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s