Morsa de Ferreiro / Blacksmithing leg vise / Morsa de herrero

A maioria das peças de metal são produzidas em série por máquinas e equipamentos automáticos. Mas isso nem sempre foi assim. A profissão de ferreiro, hoje praticamente extinta, foi muito importante para a humanidade. E consistia em malhar o metal incandescente até que o mesmo obtivesse a forma desejada. Era um trabalho bruto, cansativo e insalubre.

Com aproximadamente 21 kg e 58 cm, esta morsa possui algumas características que podem situar a técnica de produção no início do século XVIII. Por exemplo, os tarugos de ferro usados para fixar as placas ao mordente estático, o entalhamento nas laterais das placas propondo um certo aspecto de “acabamento” da peça, a rusticidade do fixador da morsa e dos mordentes de ferro forjado. Tudo indica uma produção artesanal, ou seja, um ferreiro martelou, cortou, furou e dobrou o ferro em brasa a pancadas.

O cabeçote da porca de fixação é composto de cinco argolas sobrepostas, sendo a última fixada ao eixo com tarugos de ferro. Portanto, a técnica de fixação é de período anterior à soldagem convencional, ou seja, anterior ao ano de 1800.

Patentes americanas registram morsas no início do século XIX, entretanto, não significa que não foram produzidas morsas em séculos anteriores, ao contrário, sua produção remonta a idade média.

Origem:                               Desconhecida

Estado atual:                      Funcional demonstrativo

Curiosidades:                   Uma das primeiras patentes registradas nos USA, a de n. 889, de 20 agosto de 1838, é de uma morsa de ferreiro melhor elaborada que esta do acervo do MUMMA, entretanto, com funcionamento idêntico.

Encontramos três gravações com o número VII em componentes distintos, significando que era a sétima peça ou a peça do modelo VII, portanto, mesmo artesanal, foi produzida por uma pequena indústria.

Algumas fotos mostram o estado da peça anterior à limpeza, à proteção com anti-ferrugem e à elaboração do pedestal.

Numa ilustração representando um ferreiro medieval encontramos uma morsa similar no lado direito da imagem.

Fonte: img110.xooimage.com/files/1/0/5/medieval-blacksmith-470b9e6.jpg

Ref. 220-15

5 comentários sobre “Morsa de Ferreiro / Blacksmithing leg vise / Morsa de herrero

  1. Eduardo Henrique Gabriel disse:

    Adquiri uma morsa de ferreiro está semana e encontrei voçes no google pois queria saber a idade aproximada tenho também uma bigorna que está marcado nela made in sweden 127lbs e um arreio chapeado que pertinência ao meu bisavô

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s