Criando soluções / Creating solutions

Há aproximadamente um ano adquiri uma fieira de selaria, sem a navalha e sem um pino de fixação. Procurei nos mercados de pulgas e briques sem sucesso. Então peguei uma chapa de metal macio de uma peça descartada, desenhei o formato em papel, colei na chapa de metal já no formato desejado e fui a um torneiro para que fizesse essa navalha e o fixador. Após três meses, várias visitas e o mesmo número de desculpas, voltei com a peça.

Então decidi fazê-la, com as condições que tenho em casa: furadeira doméstica, suporte presenteado pelo meu vizinho Ronaldo, serra de ferro manual, morsa, fogão caseiro, lima, alicate, martelo e lixa.

Em duas horas estavam prontas. Reconheço que não são grande coisa, mas são suficientes para definir o conjunto como funcional, ou seja, o melhor estado de uma peça do museu.

Moral da história: Muitas vezes as soluções para os problemas estão mais próximas do que imaginamos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s